O que têm em comum estas mulheres?
Saudáveis, enérgicas, com uma vida profissional ativa, estas mulheres são bem sucedidas e determinadas. Todas, numa ou outra fase da vida decidiram que estava na altura de uma nova mudança!

Faltava-lhes algo. Em certos contextos, em certas fases, a autoconfiança estava fragilizada e a autoestima caia abruptamente. Para umas, um formato mais discreto, para outras, uma imagem mais exuberante – todas quiseram a mudança – melhorar a silhueta, harmonizar o corpo e tudo à custa de um aumento mamário!

Fará assim tanta diferença? Valerá os riscos e os receios?
Deram este passo receosas e com prudência. No fim, depois da intervenção e passadas algumas semanas de pós-operatório, o resultado superou todas as expectativas e afinal, nem tinha custado assim tanto…

A melhoria na auto confiança e na autoestima, teve tradução imediata na realidade de cada uma, nas mais variadas vertentes da vida. Tudo estava diferente. Estava melhor!
“Porque esperei eu tanto” ; “Ainda bem que dei este passo” ; “Devia ter sido mais cedo”

A mamoplastia de aumento continua a ser um dos procedimentos cirúrgicos, no âmbito da cirurgia estética, associado a maior índice de satisfação e gratificação para pacientes e cirurgiões.
Quase sem segredos, com riscos e complicações bem controlados esta é uma intervenção rápida, segura e pode ser feita em ambulatório.