Tratamentos ao Rosto

 
 
Descubra todos os tratamentos e intervenções que pode fazer ao seu Rosto na clínica da Drª. Ana Silva Guerra. Seja qual for a natureza dos seus problemas, nós estamos aqui para cuidar de si! Sejam problemas do foro reconstrutivo ou do foro estético, nós temos a solução para si. Contacte-nos para mais informações!
 
 

Intervenções Cirúrgicas ao Rosto

 
 
 
 
 
Alectomia
 
 
 
 
 
Rinoplastia
 
 
 
 
 
Otoplastia
 
 
 
 
 
 
 
Blefaroplastia
 
 
 

Blefaroplastia

 
O excesso de pele nas pálpebras, principalmente na pálpebra superior, começa a notar-se cedo, sendo um dos primeiros sinais do envelhecimento do rosto. A cirurgia às pálpebras permite-nos corrigir as bolsas de gordura, o excesso de pele e a flacidez dos tecidos. A cirurgia é realizada em regime de ambulatório e o tempo de recuperação é curto (8 a 15 dias). A correção da posição da sobrancelha (lift frontal) também se associa, sempre que necessário à cirurgia palpebral, para que, o olhar fique mais aberto e rejuvenescido.
 
 
 
 
 
Alectomia
 
 
 

Alectomia

 
A alectomia tem por objetivo reduzir o diâmetro das asas nasais nas situações em que as pessoas se sentem incomodadas com a largura das narinas, principalmente quando a mimica facial potencia o “alar flaring” e é visível a parte lateral da narina a ultrapassar a base da sua implantação. É um procedimento procurado por homens e mulheres e normalmente é realizado sob anestesia local. As cicatrizes podem ficar escondidas dentro da cavidade nasal, ou, nos casos mais graves, ficam externas, mas escondidas no sulco das asas nasais.
 
 
 
 
 
Rinoplastia
 
 
 

Rinoplastia

 
A rinoplastia é a intervenção que permite remodelar, corrigir a forma, a estrutura e o contorno nasal. Pode aumentar ou reduzir o tamanho do nariz, alterar a forma da ponta, estreitar ou alargar as narinas ou alterar o ângulo entre o nariz e o lábio superior. Assim, pode limitar-se apenas a uma zona do nariz (mais frequentemente a ponta nasal) ou pode envolver, todos os componentes (osso, cartilagens, pele). Em simultâneo, sempre que se justificar, deve ser corrigida a função nasal.
Numa posição central na face, o nariz assume um papel singular na imagem de cada um, pelo que, quando apropriadamente selecionada, esta intervenção pode ser altamente reconfortante e gratificante.
 
 
 
 
 
Lift da Face e do Pescoço
 
 
 

Lift da Face e do Pescoço

 
O lift da face e do pescoço (tecnicamente designado por ritidectomia) é a abordagem mais abrangente e profunda para o tratamento da flacidez e da queda dos tecidos da face e pescoço. Não fazendo “parar o relógio do tempo”, pode atrasá-lo uns anos, melhorando os sinais mais visíveis do envelhecimento. Permite corrigir a queda das “bochechas”, os sulcos em torno do nariz e do queixo e o “duplo queixo”. Pode ser complementada com outros procedimentos e técnicas, como o reposicionamento das sobrancelhas, a cirurgia palpebral, o peeling químico, entre outros. A cirurgia pode variar de minimamente invasiva até um grau mais extenso, sofisticado, dependendo das características do paciente. Preservar a individualidade, os traços e as expressões do paciente é uma obrigação, nesta cirurgia, que não pretende transformar o rosto, apenas rejuvenescê-lo. Apesar da sua complexidade, esta é uma das intervenções mais gratificantes no universo da cirurgia plástica, estética e reconstrutiva.
 
 
 
 
 
Otoplastia
 
 
 

Otoplastia

 
A otoplastia é uma cirurgia que permite corrigir a forma, o tamanho e a proporção da orelha. Frequentemente realizada em idade pediátrica, pode acontecer em qualquer etapa da vida. É um procedimento realizado em ambulatório e as cicatrizes ficam escondidas na prega natural que existe entre a face posterior da orelha e cabeça. Os resultados são visíveis imediatamente e o pós-operatório não é complexo, havendo apenas necessidade de proteger a nova posição da orelha com uma banda, que deve ser usada durante a noite, nos primeiros 15 dias.
 
 
 
 
 
 
 
Tire as suas Dúvidas
 
Peça mais Informações aqui
 
Preencha este formulário e entraremos em contacto consigo.
 
*
 
*
 
*
 
*