Otoplastia ou Redução
e Correção das Orelhas

A otoplastia ou redução e correção de orelhas é uma cirurgia que permite alterar a posição, a forma, o tamanho e a proporção da orelha.

As orelhas proeminentes ou vulgarmente conhecidas por “orelhas de abano” são um problema relativamente comum, com uma incidência na população caucasiana de cerca de 5%. Consiste essencialmente na desproporção entre uma ou duas das pregas de cartilagem que definem o nosso pavilhão auricular. Apesar de não se associar a qualquer problema auditivo, o stress emocional e o trauma psicológico que esta situação por vezes condiciona são importantes, principalmente em idade pediátrica.

Perguntas Frequentes

Qual a altura ideal para a correção desta patologia?
O momento ideal deve conciliar a maturidade suficiente do pavilhão auricular e a data da entrada para a escola. Uma vez que a orelha está praticamente desenvolvida aos 6-7 anos de idade, a correção pode ser feita nesta altura.
A correção é sempre cirúrgica?
O tratamento não cirúrgico das orelhas proeminentes não tem sucesso, excepto se aplicado numa fase muito precoce do desenvolvimento da criança. Apenas quando a cartilagem é muito maleável e ainda responde às hormonas maternas que ainda estão em circulação, é possível agir de uma forma não invasiva e conseguir um bom resultado. Neste caso, a modelagem da estrutura cartilagínea da orelha neonatal deve iniciar-se ao 3º dia de vida e pode prolongar-se até ao 6º mês. Passando esta janela temporal, as técnicas não cirúrgicas não são suficientes.
Quando é que a orelha esta completamente formada?
A orelha está completamente formada à nascença, porem só aos 3 anos de idade é que atinge cerca de 85% do seu tamanho adulto. A largura da orelha atinge o seu tamanho final aos 7 anos nos meninos e aos 6 anos nas meninas, quanto ao comprimento, só atinge o tamanho adulto aos 12 anos nos rapazes e aos 13 anos nas raparigas. A cartilagem vai “endurecendo” à medida que vamos envelhecendo, por isso as técnicas cirúrgicas de correção da “orelha alada” são diferentes na criança e no adulto.

Dúvidas?

Coloque-me as suas questões.

DÚVIDAS, PREÇOS E OUTRAS INFORMAÇÕES