Redução Mamária – Saiba porque aumentou a procura deste tratamento

A verdade é que o tempo das “mamas grandes” já foi e existem muitas mulheres a procurarem o tratamento de redução mamária. Hoje a mulher procura um volume menos exagerado, que esteja em harmonia com o corpo. E não é apenas por uma questão estética.

Com ou sem implantes, as mamas de grande volume estão associadas a muita tensão na coluna, peso e marcas profundas nos ombros causadas pelo sutiã. Com o tempo, além da má postura, a coluna pode sofrer com o peso excessivo e ficar desviada.

Existem muitas outras situações em que a mulher se pode sentir desconfortável por ter a mama muito grande, como é o caso do exercício físico, que se pode tornar muito complicado, sobretudo em 3 exercícios de impacto, que se tornam desconfortáveis com a oscilação do peito.

A redução mamária vai fazer toda a diferença nestes casos, uma mudança radical no estilo de vida e na auto imagem. A mama fica com um tamanho menor mas igualmente bonita e com um perfil harmonioso.

As cicatrizes são uma preocupação, mas não devem ser. Para reduzir o volume e aliviar o peso, é necessário remover tecido mamário e pele. As cicatrizes são trabalhadas cuidadosamente durante e após a cirurgia e com o decorrer do tempo ficam bastante suavizadas.

Para aqueles casos mais renitentes em que as cicatrizes são mais exuberantes, técnicas especializadas (fatores de crescimento, vitaminas, estimulação mecânica, gel de silicone) são utilizadas e os resultados são satisfatórios.

Se sente algum desconforto nas situações referidas, a redução mamária pode ser a solução para o seu problema. O nosso conselho é que marque uma consulta de avaliação com a Drª Ana Silva Guerra, que irá avaliar o seu caso e identificar qual a melhor forma de resolver o seu problema.
LIGAR AGORA
INFORMAÇÕES
MARCAÇÕES